1/35

1/35

2/35

2/35

3/35

3/35

4/35

4/35

5/35

5/35

6/35

6/35

7/35

7/35

8/35

8/35

9/35

9/35

10/35

10/35

11/35

11/35

12/35

12/35

13/35

13/35

14/35

14/35

15/35

15/35

16/35

16/35

17/35

17/35

18/35

18/35

19/35

19/35

20/35

20/35

21/35

21/35

22/35

22/35

23/35

23/35

24/35

24/35

25/35

25/35

26/35

26/35

27/35

27/35

28/35

28/35

29/35

29/35

30/35

30/35

31/35

31/35

32/35

32/35

3/35

3/35

34/35

34/35

35/35

35/35

 

Concurso do Parque Morro da Manteiga

Camaçari faz parte da Região Metropolitana de Salvador, Bahia. Destaca-se pela presença de complexos industriais convivendo com áreas urbanizadas e grandes reservas ambientais. Considerando os diferentes cenários existentes, o Morro da Manteiga atua como um nó entre tais realidades. Atualmente é considerado como uma Zona de Importância Ambiental e Paisagística (ZIAP) e localiza-se no limite da Sede, fazendo divisa com o Anel Florestal, zona de amortecimento entre a cidade e as atividades industriais ao norte. Neste, encontram-se algumas nascentes, de onde parte o Rio Camaçari, alvo do projeto de um Parque Central ainda não executado.

Desta forma, Camaçari é uma cidade de 294.000 habitantes que ainda não possui uma infraestrutura de parque adequada para sua população. Como consequência, um número considerável de atividades populares e eventos comunitários ocorre no Morro da Manteiga mesmo sem a infraestrutura apropriada (atividades religiosas, campeonatos e lazer esportivos, teatros, dentre outros).           Portanto, é apresentado um projeto que busca potencializar essas atividades e também sugerir outros usos através de elementos sutis que se utilizam da topografia atual.

Por se tratar de um local geologicamente frágil e com grande potencial de se tornar uma grande área de reflorestamento com flora nativa, houve a preocupação de projetar e inserir esses elementos de forma a intervir o mínimo possível na topografia já bastante alterada pela antiga atividade de extração.

Sendo mínimas as intervenções, buscou-se um desenho simples, forte e bastante expressivo, de forma que sejam vistas de diversos pontos do parque e da cidade sem, no entanto, alterar demasiadamente a paisagem do morro, que há muito encontra-se enraizado na memória do camaçariense.

Por ser um ponto bastante elevado em relação à cidade, podendo ser visto de diversos ângulos, o morro, juntamente às intervenções, tem um enorme potencial de tornar-se o cartão postal da cidade de Camaçari.


Nome Concurso do Parque Morro da Manteiga


Local Camaçari-BA


Ano 2019


Status Concurso


Área 678.130,18m²


Cliente Prefeitura Municipal de Camaçari


Equipe Fábio Domingos Batista, Igor Costa Spanger, Luciano Suski, Moacir Zancopé Junior, Suzanna de Geus, Aline Proença Train, Rodolfo Luís Scuiciato


Premiações Menção Honrosa em Concurso Nacional de Projeto