01/09

01/09

02/09

02/09

03/09

03/09

04/09

04/09

05/09

05/09

06/09

06/09

07/09

07/09

08/09

08/09

09/09

09/09

Casa de Araucária: Arquitetura da madeira em Curitiba

 

Presentes na arquitetura curitibana, essas construções tão pouco vistas nos dias atuais, as casas de araucária marcaram as construções no século XIX e foram produzidas significativamente até a década de 70. Além de proporcionar conhecimento técnico sobre o tema, o livro traz um passeio pelo modo de morar e construir da Curitiba do passado, chamando atenção para a importância da conservação dos últimos remanescentes desta importante arquitetura.

Os volumes divididos por autores congregam desde a tipologia das casas através de classificação, sistema construtivo e tamanho das peças, trabalho de pesquisa realizado por Key Imaguire Junior e Marialba Rocha Imaguire e intitulado A casa de Araucária, como as questões sociais e econômicas, a imigração e suas influências, a relação do sistema construtivo com a forma de viver das pessoas, no volume escrito por Fábio Domingos Batista cujo título é A casa de madeira, um saber popular. Já o volume de Andréa Berriel, A tectônica e a poética das casas de tábuas aborda as novas tecnologias desvendando o que o sistema construtivo em madeira dispõe hoje, resgate contemporâneo, apontando quais possibilidades existem hoje para a construção de uma casa de madeira.


A Casa de Araucária Key Imaguire Jr e Marialba Rocha Imaguire


A casa de madeira, um saber popular Fábio Domingos Batista


A tectônica e a poética das casas de tábuas Andréa Berriel


Prêmios Vencedor da edição 2011 na categoria inventários e acervos do Prêmio Rodrigo de Melo Franco de Andrade promovido pelo IPHAN e Ministério da Cultura

Menção honrosa na edição 2012 do Prêmio Design do Museu da Casa Brasileira